sábado, 10 de março de 2012

Trufa e o Adestrador , senta que lá vem história !!!



Tõ pra contar essa história pra vocês  faz tempo , mas precisava digerir a coisa toda , acho eu , porque no fim das contas , virou foi motivo de riso e piada na familia.

Então foi assim :
Como todo mundo sabe , porque já contei aqui
 ano passado adotei uma labradora de 6 meses chamada Trufa.


Ah , essa moçoila chegou aqui feito um furacão , bebia àgua na torneira da cozinha , saltava compulsivamente em todo mundo , destruía qualquer coisa que estivesse ao seu alcance ,
roubava comida de qualquer lugar que fosse relativamente acessível , não respeitava ninguem e nenhum tipo de limite e atazanava os meus outros cães e a gata , a ponto de sua presença , nem que fosse de longe , tornar-se intolerável pros outros animais.



Então , a gota d'àgua , aconteceu num sábado chuvoso , onde suponho eu , o tédio arrebatou a danada da cachorra e trouxe-lhe uma idéia , que com certeza pra ela , foi irresistível , mas não pra mim , que já andava pelos tampos com a sujeita.


Vamos aos fatos :
Eis que derrepente e não mais que derrepente , olho pela janela da sala e vejo Trufa a se deleitar com lindas e enormes bromélias
 que ornavam um canteiro em frente a cozinha e agora jaziam mortas , despedaçadas , trituradas na boca do cão.



Corro em sua direção , na esperança de salvar as outras
 que ainda , talvez , quem sabe , estivessem inteiras.



Doce ilusão , aquilo que fora um lindo canteiro de bromélias gigantes um dia , agora não passava de um canteiro revolvido e
esburacado , com folhas destruídas e espalhadas pelo chão.



Começo a falar qualquer coisa e sem tempo nem de terminar ,
 a cachorra já está saltando em direção as minhas placas de bromélias da parede em frente a sala.


Ah gente , juro que tive um siricutico ,

  Um ataque de pelanca !



Não quero mais essa cachorra aqui , chega , pelo amor de Deus , alguém faz alguma coisa !!!!!!!



Voltei à sala , sem saber como resolver esse e todos os outros comportamentos na melhor das hipóteses , indesejáveis.
Foi aí que tive a idéia de contratar um adestrador , porque quem sabe , ele resolvia isso pra mim.


Procuramos alguem da região , que fosse bem conceituado ,
afinal , não queríamos um doido a espancar a outra doida neh ?!


 
Encontramos o telefone de uma pessoa que já havíamos visto adestrando outros labradores aqui pelo o meu bairro ,
entramos em contato e ele veio no mesmo dia.



Resumindo : Fez 2 propostas , vir uma vez por semana durante 3 meses ou levar a cachorra pra um adestramento intensivo
 durante um mês na sua escola.

E lá se foi a Trufa , lépida e fagueira a saltitar ,
sem ao menos olhar pra trás.

Clique aqui para ver:cachorro correndo 19 no tamanho original
Durante um mês , frequentamos a tal escola , no intuito de
 aprender a como lidar com Trufa e os novos ensinamentos.
Vocês tinham que ver que beleza a danadinha .
Senta ele dizia e ela sentava ,
junto e ela acompanhava ,
deita e a lindinha deitava e ainda fazia cara de coitada ,
ahhhhhhhhhhh , uma belezura.



Enfim , chegou o dia de voltar pra casa.
Chegou tranquila , obediência nota 10 , isso até a página 2 , é porque passados alguns minutos , parece que todo aquele
turbilhão voltou a habitar na cabeça da doidivanas e
 tudo voltou a ser quase como antes.

Nós  ali , estáticos , com cara de idiotas



 e o adestrador quase sem acreditar , meio branco ,
sem graça ,  meio assim sabe cúme ?!



Agora o Grand finale :

Diante da situação , o adestrador nos pergunta se temos uma mangueira de jardim.
Acentimos com a cabeça e ele corta mais ou menos uns 50 centímetros da dita e aponta na nossa direção.



Aff , cheguei a pensar que aquilo era pra gente , mas o homem , muito seguro de si e com o rosto um tanto vermelho ,  de raiva suponho eu , nos diz:
Quando ela tiver um comportamento indesejado , mete a mangueira nela , com força viu , que é pra ela saber quem manda aqui!!!
Nós embasbacados , nos olhamos e concordamos com a cabeça.

Moral da história :

Nunca paguei tão caro por um pedaço de mangueira  e
que já era minha , diga-se de passagem!!!


Ah sim e a Trufa ?

Tá muito bem obrigada , morando aqui ,
no sitio só vai a passeio ,



 comendo todas as plantas , principalmente as bromélias , pulando nas pessoas , subindo nas camas



e  nadando alegremente na piscina.


Tá bom pra você benhê ?

bjs
Patricia



9 comentários:

Brechique da Dodoca disse...

Num acredito!!! rssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss
Saiu cara a mangueira hem?
Olha, nem sei o que lhe dizer porque não tenho cachorro e nunca enfrentei tal situação, mas acho que EU já teria dado umas borrachadas nela antes do adestrador! Ai, as bromélias! snif!
Bjsssssssssssssss, quérida!

Brechique da Dodoca disse...

Esqueci: além da história deliciosa, as ilustrações são especialmente incríveis! Amei!
Mais bjssssssssssssss, quérida!

Charmosa Poli disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Morri rindo Patricia!

Agora tenta imaginar o que ela não pensou de ti hehehe =P

Esses cãos são todos doidos ahsuha

Beijos Charmosos :**

Ótimo domingo!

diario-decidimudar.blogspot.com

Elaine disse...

Muito boa essa história kkkkkk!!!

lembrei de quando eu tive cachorro, mas não dizem que remédio de doido, é outro na porta! eu teria metido a mangueira ou chinelo ou o que eu achasse, antes de gastar dindim, rsrsrrs, eu tenho 5 gatos, e vira e mexe eles destroem algo, ou plantas, mas o que posso fazer, sou louca por eles! Você fez muito bem, continuar com sua trufa,e não abandoná-la por aí, como tantos fazem!
Bjos e um lindo domingo!

Cláudia disse...

Estou passada, bege Bahia, e como diz o Crô: congela a Trufa...kkkk
Menina, a psicologia do sujeito é a da pancada...kkkk, que horrível!!!
Pára tudo e volta à estaca zero...afff!
Bom dia, querida, boa semana e um beijo carinhoso.
Saudade malvada, doída e cruel!!!

CASA CUTE disse...

Menina do céu...por isso penso mil(milhões) de vezes antes de ter um cachorro...agora é minha vez de dizer: queria ter a coragem que vc tem! Eu não teria paciência ixiii, como eu tenho uma gata e sei que eles não obedecem mesmo nem me estresso...kkkk E essa parte das plantas dá uma dó, a minha gata quase estraçalhou uma COMIGO NINGUÉM PODE, q temos aqui em casa, A gata "pode" kkk, a solução foi por ela bem alto onde a gata não tinha espaço pra pular rsrsrs
Mas nos fazem tão bem esses bichinhos né? (quando dormem kkk)

Bruxa disse...

Amiga, talvez a minha estória possa te ajudar um pouco.
Sabe que tb adoto essas fofuras. Dependendo de onde e como eles vem, nunca tiveram regras e limites, o que dificulta pro dono seguinte que sempre adota com muito carinho e com ânsia de fazer tudo pelo bichinho. Li o primeiro livro do encantador e agora o segundo e as coisas que ele diz, consertam numa rapidez o cachorro, vc precisa ver. Tb adotei um labrador misturado com bernês (ai Jesus!) - está comigo há poucos meses, mas td dia ele aprende um pouco e já sabe que plantas não é pra comer. O mais difícil é tirar o vício de pular, mas ele já diminuiu bastante. Eles precisam de exercícios - caminhadas e qdo somos firmes e consistentes, eles aprendem bem rápido.
Se tiver um canal que passe o Encantador de Cães, assista, vc vai ver como ajuda.
Qquer coisa, me manda um email e te explico melhor. Eu tenho, no momento 6 cachorros e a Cocada, uma adotada, bagunçou tudo em casa e me mostrou que realmente eu não sabia tratar os cachorros. Hj a conversa é outra. Cada dia eles me ensinam mais.

Bjao.

Nadja disse...

Só posso dizer depois de tudo isso: QUE COISA "MAI" LINDA!!!

KKKKKKKKKKKKKKKK!!!

Bjksss

Lora Pontes disse...

To rachando de tanto rir....rsrsrsr
Ô mangueira cara, hein?!.....kkkkk
os meus tb me dão dor de cabeça...não adianta chamar, que só vem quando querem. Se estiverem na rua então....fingem que não me conhecem.....rsrsr
Mas eles são maravilhosos mesmo com todos os defeitos, né?!
Beijos!!!!